Recomendado Artigos Interessantes

Valores

Nomes japoneses para meninas

Antes de o bebê nascer, os pais enfrentam uma decisão difícil. Nem sempre há acordo quando se trata de nomear o bebê. Enquanto alguns preferem nomes tradicionais bem conhecidos de todos, outros preferem um nome mais original e diferente. Temos nomes para todos os gostos.
Leia Mais
Escola

Prepare seu filho para a transição do primário para o secundário

Chega aquele momento em que é hora de dizer adeus ao estágio primário. Depois de passar seis cursos, aprendendo, aproveitando o melhor de cada um deles, começa uma aventura ainda maior: chegamos à fase secundária. Outro mundo, muitas mudanças. Outra etapa, novos desafios. Como podemos ajudar nossos filhos a fazer a transição da escola primária para a secundária?
Leia Mais
Medos

A odiosa mania dos pais de assustar os filhos e fazê-los obedecer

Os pais, ou melhor, os adultos em geral, têm o péssimo hábito de assustar os filhos pequenos, principalmente com o objetivo de fazê-los obedecer mais. Quase sempre perguntando e falando com eles sobre a chantagem lançamos frases como: & 39; Você vai ficar sozinho e a polícia virá buscá-lo & 39; ou & 39; Vamos agora, eles vão desligar todas as luzes & 39; ou como & 39; vou levá-lo para a sala dos ratos & 39 ;.
Leia Mais
Valores

Agendamento de entrega: exemplo de Shakira

Quando me disseram que me dariam à luz e informaram a data de nascimento da minha filha, fiquei aliviado. Pelo menos me livrei daquela sensação de espera tensa, daquele medo de não saber se você vai conseguir reconhecer as contrações ou não, ou se vai estar pronto. Novos sentimentos viriam, sim. Entre eles, a ilusão e o desejo de finalmente ver o rosto do bebê.
Leia Mais
Direitos da criança

10 direitos fundamentais das crianças

Em 1990 entrou em vigor a Convenção sobre os Direitos da Criança, que nada mais é do que um tratado que inclui todos os direitos da criança. A partir desse momento, uma nova visão se deu sobre as crianças como sujeitos que também tinham seus direitos de respeitar e cumprir. Por serem crianças, não têm menos direitos que os adultos, embora eles próprios não saibam ou podem se defender, há direitos na infância baseados nos princípios da não discriminação, no interesse da criança, no direito à vida e na participação nas situações que a afetam.
Leia Mais