Limites - Disciplina

Dicas eficazes para definir regras e limites para crianças de 1 ano


Uma das funções mais importantes que temos como pais é ensinar nossos filhos a seguir certas regras e respeitar certos limites. Isso nos ajuda a todos a viver melhor, proporcionando-nos segurança, estabilidade e confiança em nós mesmos e nos outros. Gostamos mais deles ou gostamos menos, a verdade é que nos ajudam a conviver com o resto das pessoas que nos rodeiam. É por isso que, como pais, devemos aprender como estabelecer regras e limites para crianças, a partir de 1 ano de idade.

É verdade que se você tem um bebê de apenas um ano, o que estou lhe contando parece difícil de cumprir, mas este é exatamente o melhor momento para começar a estabelecer algumas regras simples e limites fáceis de entender. Isso o ajudará a desenvolver mais autonomia, melhor autoestima e um maior grau de autocontrole à medida que envelhece.

Vamos ver, um a um, algumas dicas para pais que têm filhos de 1 ano e querem trabalhar as regras e limites na hora.

1. Pratique hábitos e rotinas
Ao invés de nos dedicarmos a implementar toda uma série de regras a cumprir e limites a respeitar, esta etapa abre um novo ciclo para começar a colocar em prática hábitos e rotinas que nos ajudam a estabelecer novos horários para comer, vestir, recolher, tomar banho ou deitar.

O aprendizado de hábitos e rotinas é necessário, pois permitem aos pequenos ter algum controle sobre as situações e prever o que acontecerá após determinada ação. Ou seja, proporcionam estabilidade, segurança e equilíbrio emocional. Portanto, estabelecer e corrigir essas rotinas diárias nos poupará de ter que definir muitos limites e estabelecer um sistema de regras inaceitável.

2. Menos é mais, também com regras e limites
Em relação ao ponto anterior, deve-se escolher muito bem quais regras são essenciais e quais limites não podem ser ultrapassados. Aconselho a não ultrapassar 2 ou 3 anos, pois nessa idade as crianças têm muito pouca capacidade de lembrar todas as informações que lhes transmitimos.

3. Explique claramente
Não dê muitas explicações longas, mas explique a seu filho ou filha por que uma certa regra ou limite. Se necessário, sirva-se de histórias, imagens, jogos, etc.

4. Seja consistente e consistente
Não mude as regras de um dia para o outro com base no seu humor ou sem motivo. Se um dia você não permite que ele faça algo, não permita no dia seguinte porque o cansaço pode, você tem visitas ou por qualquer outra circunstância.

5. Seja flexível; evite rigidez e autoritarismo
Embora você não deva variar de um dia para o outro, há momentos em que podemos tornar nosso sistema de regras mais flexível. Por exemplo, se uma das regras é pegar depois de jogar um dia, podemos permitir que você pegue com mais ajuda do que normalmente oferecemos.

6. Não busque a perfeição, tolere erros
Você aprende com os erros, por isso é importante que possamos tolerar os erros de nossos filhos, mas também os nossos.

7. Elogio e recompensa
Para que as crianças saibam quando fizeram algo errado e quando fizeram algo certo, devemos contar a eles.

8. Ofereça um ambiente seguro onde eles possam se mover e se mover livremente
Com apenas um ano de idade, seu bebê está começando a explorar o mundo ao seu redor. Agora você pode mover-se de um lugar para outro, primeiro engatinhando e depois correndo a toda velocidade. Ele vai cair, bater e subir novamente. Suas novas habilidades psicomotoras vão abrir todo um universo de possibilidades e mil coisas para descobrir todos os dias. Não limite sua exploração. Ele permite que você se mova livremente pela casa, mantendo um ambiente seguro. Retire do seu alcance quaisquer objetos pontiagudos ou elementos tóxicos que ele possa tocar ou ingerir. Isso evitará não apenas muitos acidentes, mas também muitos "nãos" desnecessários que podem limitar seu potencial de exploração e, portanto, de aprendizado.

9. Aprenda a usar o 'Não'
Use um firme, retumbante, mas não grite 'não' ao se aproximar de um elemento que pode estar danificado e não foi possível remover, esconder ou cobrir. Esta é a hora de abrir e fechar gavetas, remover os tesouros que encontrar lá e experimentar a lei da gravidade. Ou seja, é nessa fase que todo menino ou menina gosta de jogar no chão tudo que está ao seu alcance, coisa que os adultos geralmente não carregam muito bem, mas que precisam aprender como é e funciona o mundo ao seu redor. Não importa quanta tentação possamos ter para proibir essa ação, devemos deixá-los fazer isso. Tente não ter objetos que quebrem ao cair ao alcance.

10. Ajude-o a se socializar
Conforme suas habilidades aumentam, também aumenta sua jogabilidade. Os parques infantis são o local ideal para os mais pequenos aprenderem e se divertirem ao ar livre, partilhando muitos momentos lúdicos com outros rapazes e raparigas da mesma idade, o que muitas vezes pode originar pequenos conflitos estranhos.

Quando isso ocorrer, devemos ensinar aos nossos filhos quais limites eles não podem ultrapassar, como morder, puxar o cabelo, bater ... Então, se ocorrerem, vamos voltar ao retumbante não e aplicar consequências educacionais como, por exemplo, sair do lugar de diversão por alguns minutos. Ofereça a ele quanto mais oportunidades, melhor para observar padrões apropriados de coexistência entre iguais.

Qualquer criança, adolescente ou adulto precisa de regras e limites, mas mais uma criança dessa idade. Estes são necessários porque eles garantem sua segurança e bem-estarr, não apenas físico, mas também emocional. Portanto, os limites que definimos e as regras que definimos permitirão que nossos filhos:

- Eles se sentem amados e guiados.

- Seja mais autônomo.

- Tenha mais confiança em si mesmo.

- Desenvolva uma auto-estima mais positiva.

- Tenha maior autocontrole.

- Aumente o seu sentimento de pertença à família, à escola e à sociedade em geral.

Resumindo, ter um sistema de regras em casa e estabelecer certos limites que não devem ser transgredidos ajuda nossos filhos a serem pessoas melhores para o mundo.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Dicas eficazes para definir regras e limites para crianças de 1 ano, na categoria Limites - Disciplina in loco.


Vídeo: 5 Coisas que Você NUNCA deve dizer aos filhos. Ivan Maia (Dezembro 2021).