Maternidade u00e1

7 razões para não usar salto na gravidez


Ser estar grávida Não significa desistir da moda ou de se sentir bonita. As futuras mamães podem seguir as tendências, adaptar a sua nova figura às roupas que mais gostam e continuar a usar para expressar a sua personalidade. Porém, em relação aos calçados a situação muda, pois não é aconselhável usar salto muito alto com o avanço da gravidez. Guiainfantil.com Revela as razões fundamentais para não usar sapatos de salto alto durante a gravidez.

1. Problemas nas costas. Durante a gravidez, é necessário cuidar das costas, pois a dor pode ser sofrida pelo peso da barriga. Portanto, o uso de sapatos de salto alto agravaria essas dores, ou poderia fazer com que a gestante andasse com a coluna torcida, o que seria ruim para sua saúde e também para o bebê.

2. Aumento do cansaço. Conforme a gravidez avança, a fadiga tende a aumentar. A sensação de cansaço tem a ver com os hormônios, com o ganho de peso e com os demais sintomas da gravidez, então se também for difícil andar, ou custar mais com o salto, a sensação de cansaço também será maior.

3. Retenção de liquidos. A retenção de líquidos é uma das queixas mais comuns das mulheres grávidas. Em poucos casos pode ser evitado, mas existem truques para baixá-lo, como a ingestão de mais líquidos para promover a hidratação ou exercícios físicos especiais para as pré-mães. No entanto, usar saltos altos pode ter o efeito oposto, que é agravar a retenção de líquidos ao não descansar as pernas.

4. Pernas cansadas. Muitas gestantes podem experimentar a sensação de cansaço nas pernas, principalmente ao final do dia, quando sentem uma espécie de cãibra devido ao peso. Se isso já acontece por si só, o uso de sapatos de salto alto por muito tempo ao longo do dia fará com que as pernas inchem e não descanse ao retirá-las.

5. Inchaço. O principal desconforto na gravidez é o inchaço geral. A retenção de líquidos e o evidente crescimento do abdômen levam a gestante a mudar o tamanho das roupas, mas também do calçado. Ter os pés mais inchados do que o normal é muito normal, e usar sapatos de salto alto pode contribuir para a sensação e causar dores desnecessárias.

6. Problemas de equilíbrio. As novas dimensões da gestante são melhor controladas com um calçado confortável e rasteiro, que evita o calçado plataforma. Desta forma, você não perderá o equilíbrio, o que pode acontecer com centímetros extras, evitando tropeços e até problemas no tornozelo.

7. Dor nos pés. Mas é claro que se usar salto pode causar dor ou queimação na planta do pé, isso acontece normalmente, na gravidez pode ser pior. É muito comum sentir dor nos pés devido ao uso de saltos altos na gravidez porque os pés geralmente ficam mais inchados e friccionados e podem aparecer bolhas. Evitá-los é a coisa mais razoável a se fazer.

Você pode ler mais artigos semelhantes a 7 razões para não usar salto na gravidez, na categoria Maternidade no site.


Vídeo: Grávidas podem usar salto alto? (Dezembro 2021).