Nutrição infantil

Aniversários de crianças, promotores da obesidade e má alimentação


A obesidade infantil se tornou a pandemia do século 21. Como pais, temos a responsabilidade de oferecer aos nossos filhos uma boa alimentação que evite que esta praga se espalhe. Uma das coisas que podemos fazer é começar a mudar para os alimentos que oferecemos no aniversários de crianças, promotores da obesidade e má alimentação. Você não acredita? Preste atenção à nossa análise de uma festa típica!

As festas, comemorações ou aniversários têm uma grande tradição de oferecer alimentos não adequados à alimentação infantil. Isso não constituiria um problema sério se esses dias fossem contados nos dedos de uma mão, mas cada vez mais crianças têm convites para aniversários quase semanais, afetando cada vez mais sua dieta e principalmente o estilo de vida que estão aprendendo, e infelizmente contribuindo para os dados de obesidade infantil em países desenvolvidos.

E o fato é que os cardápios oferecidos pelos aniversários dessas crianças deixam muito a desejar e se distanciam do que os pais consideram uma alimentação saudável e balanceada para nossos filhos. Você sabe o que queremos dizer?

- bebidas
Gaseificados ou não, os refrigerantes não são adequados para a alimentação infantil. Todos contêm grandes quantidades de açúcares simples e de rápida absorção (obesidade, diabetes, cáries ...) ou, na falta disso, no caso dos chamados 0%, contêm adoçantes artificiais que, no melhor dos casos, promovem hiperatividade e alguns distúrbios comportamentais, mas que, de acordo com estudos recentes em animais revelaram, podem estar relacionados ao desenvolvimento de câncer.

- Lanches salgados
O excesso de sal está relacionado ao aparecimento de hipertensão e outros problemas cardiovasculares graves na idade adulta, mas que, obviamente, podem ser causados ​​por uma dieta inadequada na infância.

- Comida / lanche
Por outro lado, os sanduíches, feitos com pão fatiado, contêm muito mais gordura saturada e hidrogenada do que o pão tradicional. Além disso, é feito com farinhas refinadas, por isso contém uma quantidade maior de carboidratos simples e muito pouca - ou nenhuma - quantidade de fibras.

O recheio dos sanduíches pode ser variado, desde cremes de cacau e avelãs, com grandes quantidades de gorduras e açúcares, patés ou queijos, até os típicos charcutaria, que, se não forem de boa qualidade, podem conter, além de gorduras saturadas, altas concentrações de nitratos e nitritos, precursores das temidas nitrosaminas cancerígenas.

- Doces
Além do excesso de açúcar, os doces são feitos com gelatinas, espessantes e outros tipos de aditivos artificiais que podem fazer mal à saúde dos mais pequenos.

- Bolo
Onde está aquele pão-de-ló com recheio de chocolate que fazia as delícias das crianças nos anos 80? Cada vez mais bolos incluem coberturas de açúcar, ganache ou creme de manteiga (uma mistura de açúcar e manteiga), tornando-os literalmente uma bomba para o corpo. Não exageramos apenas com o açúcar simples, que não deve ultrapassar 5% de nossas calorias diárias, mas também com a gordura saturada e o colesterol que adicionamos a esses bolos formidáveis.

Embora possa parecer extremo, não é tão extremo, pois, fazendo pequenas modificações, podemos escolher opções que são um pouco menos prejudiciais à saúde de nossos filhos. Aqui estão alguns exemplos que você pode começar a aplicar para as próximas celebrações com crianças:

- Sucos naturais em vez de refrigerantes
Sim, os sucos não são ideais porque fornecem o açúcar livre da fruta e nenhuma fibra, mas ao lado dos refrigerantes eles são tremendamente melhores.

- Pão e pipoca em vez de salgadinhos
Eles têm muito menos sal, mas também são atraentes para os mais pequenos da casa.

- Fatias de pão de forma com pastas caseiras em vez de sanduíches
Como patê de atum, presunto York e ainda com tomate e presunto Serrano. Se escolhermos ingredientes de qualidade, o produto final também será.

- Fondue de chocolate com frutas em vez de doces
As crianças ficarão atordoadas com o fluxo do chocolate e comerão as frutas sem pensar. Banana, maçã, morango, framboesa, pêssego, manga ... as opções são quase infinitas!

- Pão de ló caseiro sem cobertura ou com cobertura de chocolate -o mais puro possível- e decorando com frutas naturais
Outra opção interessante para evitar o excesso pode ser fazer pequenas porções individuais, como os mini muffins, aos quais podemos adicionar uma pequena quantidade de cobertura, limitando assim a quantidade que as crianças consomem.

Não se trata de evitar totalmente o açúcar ou a gordura, pois sabemos que em ocasiões especiais sempre há excessos, mas devemos procurar escolher as opções mais saudáveis ​​dentre as disponíveis.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Aniversários de crianças, promotores da obesidade e má alimentação, na categoria Nutrição Infantil no Local.


Vídeo: Cuidado com a obesidade infantil (Dezembro 2021).