Valores

9 dicas para as crianças usarem a Internet de forma saudável e positiva


As novas tecnologias oferecem oportunidades infinitas, mas também são um desafio constante. Envolvem perigos dos quais muitas vezes não temos consciência, nem mesmo os próprios adultos. A cibersegurança continua sendo uma questão pendente e, como consequência, palavras como cyberbullying, phishing ou malware estão se tornando cada vez mais familiares para nós.

De acordo com os dados fornecidos pelo Sistema Estatístico de Crime do Ministério do Interior entre janeiro e outubro de 2017, o cyberbullying de menores aumentou 65% na Espanha nos últimos 5 anos. Este número é muito preocupante e mais considerando que pode continuar a aumentar. Portanto, em nosso site nós coletamos 9 dicas para as crianças usarem a Internet de forma saudável e positiva.

As crianças de hoje são consideradas nativas digitais, pois desde o nascimento convivem com a Internet e aproveitam suas grandes vantagens. Eles normalizaram completamente o uso da Internet e suas ferramentas e, no entanto, eles nem sempre estão cientes de todas as suas ameaças. Para proteger seu filho no mundo digital, você deve aplicar as seguintes diretrizes.

1. A primeira coisa que você deve fazer é converse com seus filhos. Devemos ouvir as suas considerações sobre a Internet, que vantagens vêem, como costumam usá-la, como concebem os perigos que ela implica ... Devemos fazê-los compreender que o que rodeia o digital nem sempre é um jogo e, portanto, , você deve ter alguns cuidados ao ficar na frente do computador, celular ou tablet. É necessário ajudá-los a compreender porque os dados pessoais nunca devem ser fornecidos: nem o número de telefone, nem a morada, nem os números de identificação, nem os locais onde normalmente se encontram ...

2. Você deve ensinar seus filhos a criar senhas que eles podem se lembrar, mas estão seguros. Eles devem ser únicos e mantidos em locais seguros.

3. Você deve avisá-los que eles nunca precisam responder a mensagens de estranhos ou adicione contatos que não sejam seus amigos às redes sociais. Eles sempre devem ser cautelosos com as pessoas que não conhecem, porque podem vir até eles com uma identidade falsa para esconder suas verdadeiras intenções.

4. Ensine-os a usar programas e aplicativos que protegem seus dispositivos, como antivírus (para evitar malware) ou addblock (para evitar o recebimento de anúncios inadequados para eles).

5. Preste atenção ao comportamento deles enquanto estiver na Internet, mas também depois. Se você notar uma mudança na sua atitude, na forma como reagem ou como se relacionam com o resto da família, é possível que estejam enfrentando algum tipo de problema e não o tenham contado.

6. Instale os controles dos pais e desabilite a opção de comprar online. Você evitará o susto estranho.

7. Ajude-os a se conscientizarem de que é preciso ter cuidado quando autorizar o acesso ao microfone, localização ou dados do telefone ao instalar um novo aplicativo.

8. É uma boa ideia estabelecer uma conexão VPN em casa para evitar que alguém com más intenções acesse o sistema.

9. Você deve ensiná-los a pedir ajuda a adultos sempre que tiverem um problema, dúvida, preocupação ou vejam algo de que não gostam na Internet.

No século XXI, quando vivemos absolutamente rodeados de novas tecnologias, a segurança cibernética tornou-se um assunto que devemos ensinar aos nossos filhos. E você, Como você protege seus filhos na Internet?

Fonte consultada: All4Sec

Você pode ler mais artigos semelhantes a 9 dicas para as crianças usarem a Internet de forma saudável e positiva, na categoria Novas Tecnologias no site.


Vídeo: A CRISE dos 2 ANOS: 17 passos para lidar com ela! (Dezembro 2021).